web analytics

Guerra entre alienígenas e os EUA? Rumores dizem que sim

26/12/2010 | Por n3m3 | 96 Comentários Mais
Compartilhe com a galáxia:

Por mais extraordinária que pareça ser esta notícia, ela está sendo tão comentada pela Internet fora do Brasil, que somos “forçados” a publicá-la aqui.

Como todos os nossos leitores já estão cansados de saber, pois foi publicado aqui no OVNI Hoje, o fundador do Wikileaks, Julian Assange, falou em entrevista sobre alguns documentos que a Wikileaks não havia ainda publicado, os quais continham referências aos OVNIs.  Agora os rumores são de que estes documentos se referem à uma base sub-aquática de OVNIs no Pacífico Sul.

A noticia no site original vai além do que é relatado abaixo, com coisas ainda mais fantásticas, mas achamos que o mencionado aqui já dá aos nossos leitores uma idéia do que se trata.

De qualquer forma, para aqueles que queiram ler o resto do artigo (em inglês), sigam o link dado logo após a “fonte”, ao final da notícia.

Vale lembrar, antes que sejamos bombardeados por comentários e e-mails acusando-nos de propagar notícias alarmistas e/ou mentirosas, que este blog é dedicado à exposição e discussão destes temas, por isso todas as matérias relevantes que achamos ser de interesse aos nossos leitores são colocadas aqui.  Cabe ao leitor analisá-las e, se quiser, dar seu parecer na seção de comentários ao final do artigo, mas sempre respeitando os bons modos.

Também vale lembrar que muitas vezes o OVNI Hoje deixa seu próprio comentário ao final das reportagens, na forma de um editorial, como é o caso agora.

Isto posto, segue um trecho da reportagem do EU Times, que no mínimo servirá para nosso entretenimento:

Um novo relatório está circulando no Kremlin, preparado pelas Forças Espaciais Russas (VKS) para o Presidente Medvedev.  A 45ª Divisão de Controle do Espaço (será que existe isso? – n3m3) diz que uma possível liberação do Wikileaks de documentos secretos dos EUA detalha que os norte americanos tem estado, desde 2004, “engajados em uma guerra” contra OVNIs provenientes de uma base próximo, ou no próprio continente Antárctico, em especial, na área do oceano Pacífico Sul.

De acordo com este relatório, os EUA entraram em alerta máximo no dia 10 de junho de 2004, após uma enorme esquadrilha de OVNIS ter repentinamente emergido do oceano e voado em direção à Guadalajara, México, a 1.600 km da fronteira dos Estados Unidos.  Dizem que antes de alcançar a fronteira daquele país, a esquadrilha “retornou dimensionalmente” para sua base no hemisfério sul.

O relatório diz que o receio dos Estados Unidos quanto a estes OVNIs do hemisfério sul começou durante “eventos sem precedentes” de 11 de julho de 1991, quando, durante um eclipse solar, estes misteriosos objetos apareceram às centenas por praticamente todo o México, mesmo na Capital daquel país.  O mais notável sobre o evento de 11 de julho foi que milhões de mexicanos assistiram em suas redes de TV estes OVNIs sobrevoando a Cidade do México e a mídia estadunidense recusou transmitir o evento para os cidadãos estadunidenses.

Desde 2004, continua o relatório, esquadrilhas de OVNIs provenientes do Pacífico Sul continuam emergindo de suas bases, com o último destes eventos ocorrido dia 10 de dezembro último, quando outra enorme esquadrilha foi avistada no Chile.

Este relatório alega que o “perigo imediato” para nosso mundo, quando essas grandes esquadrilhas de OVNIs emergem do Pacífico Sul, são as ondas gigantescas causadas por sua repentina erupção das águas, donde se acredita ser sua base, ou bases, submarina.  Na última semana, o Clelia II, um navio de cruzeiro da Antártica, com 160 pessoas abordo, foi quase virado quando uma onda gerada pelos OVNIs o atingiu e, na data desta reportagem (13 de dezembro),  o navio Number One Insung afundou devido às mesmas causas, com 42 membros de sua tripulação abordo, e somente 20 foram salvos…

Fonte: www.eutimes.net

n3m3

———————

Editorial: O fato de uma reportagem sensacionalista desta ter surgido pouco tempo após Julian Assenge ter mencionado possuir arquivos sobre OVNIs não é de se espantar.  A janela de tempo foi exatamente suficiente para se criar algo fantástico que associasse alguns fatos reais inexplicados a um evento global e colocá-lo no, agora famoso, “panelão Wikileaks”.

Embora não sejamos donos da verdade e já nos enganamos algumas vezes, duvidamos, não só que os documentos de que Assenge se refere têm algo a ver com o relatado acima, mas também da notícia como um todo.  O conceito global dela é absurdo e não condiz nem um pouco com um possível cenário de “guerra” entre humanos e alienígenas.

Convenientemente, o Kremlin, que está entre as instituições mais difíceis de se arrancar informações do mundo, mais uma vez é associado numa tentativa de dar veracidade à uma notícia.  Gostaríamos de poder realmente conferir com o Kremlin, não só estas alegações, mas tantas outras que lhe foram atribuídas; contudo esta tarefa é praticamente impossível.

Obviamente esta é somente a nossa opinião a respeito desta matéria e não prova ou desprova nada. Contudo, reiteramos: não somos donos da verdade e já nos enganamos algumas vezes.

Acreditamos porém que haja realmente algo ocorrendo nos céus e mares de nosso planeta, que não tem muito, ou nada a ver com atividades humanas ou naturais deste planeta, pois já fomos testemunhas de tais eventos.

Mantenha seus olhos voltados para o céu. Um dia desses você poderá ter uma surpresa.

n3m3

NÃO ESQUEÇA DE VISITAR NOSSA PÁGINA PRINCIPAL: OVNIHOJE.COM

Termos recém pesquisados:

Compartilhe com a galáxia:

Tags: Editoriais, Fotos, Notícias

Category: Editoriais, Fotos, Notícias

close next picture next picture
Original Picture...
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE