web analytics

Descoberta Épica: Astronomos da NASA encontram a fundação extraterrestre para a vida em meteorito no Sudão

Por Casey Kazan

Uma semana após anuncia a descoberta de uma forma de vida que ama o arsênio, astrônomos da NASA revelaram aminoácidos extraterrestres, or precursores da proteína, em fragmentos de meteoritos que foram superaquecidos e caíram no norte do Sudão. Estes meteoritos são originários de um asteróide de 4 metros de largura, o qual entrou na atmosfera da Terra.

Uma colisão de aproximadamente 15 milhões de anos atrás enviou um asteróide de 59 toneladas mais próximo da Terra, e forneceu os cientistas a primeira oportunidade de observar um objeto celeste antes dele entrar na atmosfera em outubro de 2008.  Durante uma expedição ao deserto, cientistas  recuperaram mais tarde perto de 600 fragmentos provenientes daquela chuva de meteoritos.

Embora os aminoácidos já tenham sido encontrados em meteoritos ricos em carbono formados sob condições relativamente frias, estas é a primeira vez que a substância foi encontrada em meteoritos que tenham sido aquecidos naturalmente à 1.100 ºC; uma temperatura extrema que deveria ter destruído qualquer sinal de material orgânico interno, disse o chefe de estudos Daniel Glavin, um astrobiólogo do Centro de Vôo Espacial Goddard da NASA, em Maryland.

Anteriormente, pensávamos que a maneira mais simples de fazer aminoácidos em um asteróide era em temperaturas mais baixas, na presença de água líquida“, disse Galvin.  “Este meteorito sugere que há outra forma, a qual envolve reações em gases, à medida que asteróides muito quentes resfriam“.

A descoberta também “fornece apoio adicional à teoria de que os ingredientes para a vida foram entregues à Terra por asteróides“, ele disse.

O fato de termos encontrado evidências de aminoácidos extraterrestres neste meteorito é uma grande coisa, já que podemos aprender sobre a química que ocorreu no espaço antes da origem da vida na Terra“, disse Glavin.

Da mesma forma, “estes meteoritos teriam contribuído para o estoque de aminoácidos da Terra antiga e de outros planetas em nosso sistema solar, inclusive Marte“, o que pode significar que os compostos orgânicos, tais como os aminoácidos – entregues por asteróides – podemter sido muito mais penetrantes através do sistema solar do que previamente se imaginava, ele disse.

A nova pesquisa de meteoritos é apresentada em 20 estudos publicados esta semana, numa edição do Meteoritical Society’s journal Meteoritics and Planetary Science (jornal Ciência Meteorítica e Planetária da Sociedade Meteorítica).

Fontes: dailygalaxy.com através da NASA/JPL

Imagem: NASA/JPL

———————

Editorial: Se a Terra foi semeada com os ingredientes para vida a partir de meteoritos provenientes destes asteróides, o que será que aconteceu com os outros bilhões e mais bilhões de planetas de nosso universo? Nada?

n3m3

NÃO ESQUEÇA DE VISITAR NOSSA PÁGINA PRINCIPAL: OVNIHOJE.COM

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh